H istórias são formas de poder. Por meio delas, justificaram-se reinados, opressões, genocídios. Mas também foram conquistados direitos, desfeitas injustiças, pacificados conflitos. 

O fato é que nem todas as histórias são ouvidas.

As histórias dos homens são mais presentes que as das mulheres. As narrativas dos povos da escrita são mais consumidas que as das culturas da oralidade. A saga do ocidente é dominante na produção histórica em relação à do oriente. A versão dos vencedores costuma sobrepor a dos vencidos. 

O desequilíbrio de histórias consiste no excesso de narrativas representando e identificando positivamente uma parte da população, em contraste com escassez de histórias que retratem outras parcelas. O resultado é a invisibilidade social e a distorção da imagem do outro, reforçando estereótipos e dificultando um olhar empático em direção aos problemas das populações que se encontram no polo negativo da equação. 

Curadoria por

Anita Silveira

Anita Silveira

Jornalista

A playlist a seguir propõe um caminho para buscarmos mais diversidade entre as histórias que ressoam em nossa vida. Com mais diversidade, mais empatia. Mais empatia, mais conexão. Mais conexão, mais criatividade para tornar o mundo um lugar menos hostil. 

Para saber mais sobre o desequilíbrio de histórias, leia nosso post sobre o assunto.

Esta playlist também está disponível em nosso canal do Youtube.

Siga a Retrato, viva a diversidade. 

1 – Os perigos de uma história única

Chimamanda Adichie, TED, 2009

Nossas vidas, nossas culturas, são compostas por muitas histórias sobrepostas. A romancista Chimamanda Adichie conta a história de como ela encontrou sua autêntica voz cultural – e adverte que, se ouvimos apenas uma única história sobre outra pessoa ou país, corremos o risco de um mal-entendido crítico. 

2 – O que você pensa quando olha para mim?

Dalia Mogahed, TED, 2016

Quando você olha a estudiosa muçulmana Dalia Mogahed, o que você vê: uma mulher de fé? uma especialista, uma mãe, uma irmã? Ou uma pessoa oprimida, a quem fizeram uma lavagem ao cérebro, uma terrorista? Nesta conversa pessoal e poderosa, Mogahed nos pede, neste momento polarizador, para lutar contra percepções negativas de sua fé nos meios de comunicação e escolher a empatia em relação ao preconceito. 

3 – A beleza da pele humana em todas as cores

Angélica Dass, TED, 2016

As fotografias de Angélica Dass desafiam nossa forma de pensar sobre cor da pele e identidade étnica. Nesta palestra pessoal, conheça o que está por trás do seu projeto fotográfico, o Humanae, e sua busca por documentar as verdadeiras cores da humanidade, em vez das não verdadeiras – branco, vermelho, preto e amarelo -, associadas a raça.

4 – Ilegal: A Vida não Espera

Raphael Erichsen e Tarso Araújo, 2014 

De um lado, uma menina de 5 anos com uma forma de epilepsia rara, grave e sem cura. Do outro, uma substância derivada da maconha que acaba com as convulsões da criança. Entre as duas, uma lei que torna o tratamento impossível. A luta de uma mãe para garantir à sua filha o direito à saúde, e como seu exemplo deu origem a um movimento nacional pela legalização da cannabis medicinal. 

5 – Lion, uma Jornada Para Casa

Garth Davis, 2017 

Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.

6 – A Thousand More

MediaStorm Storytelling Workshop, 2015

Uma família está determinada a dar ao filho com deficiência uma vida inteira e vital. No meio de um grande fardo, uma criança pequena – com um suprimento aparentemente infinito de amor – é a benção que mantém uma família unida.

7 – Como notícias falsas causam prejuízos reais

Stephanie Busari, 2017

Em 14 de abril de 2014, a organização terrorista Boko Haram raptou mais de 200 estudantes da cidade de Chibok, Nigéria. Em todo o mundo, o crime tornou-se simbolizado pelo slogan #BringBackOurGirls – mas na Nigéria, funcionários do governo chamaram o crime de um engano, confundindo e atrasando os esforços para resgatar as meninas. Nesta conversa poderosa, a jornalista Stephanie Busari aponta a tragédia de Chibok para explicar o perigo mortal de notícias falsas e o que podemos fazer para detê-lo.

8 – A aparência não é tudo. Acreditem, sou uma modelo

Cameron Russel, 2012

Uma trágica história de amor estabelecida em Berlim Oriental, na qual a polícia secreta ocupa um posto de intensa vigilância. O capitão da Stasi, Wieler, é obrigado a seguir o autor Dreyman e mergulha cada vez mais profundamente na sua vida até chegar ao limiar de duvidar do sistema. Entre a vigilância dos sons e o silêncio do medo, tramas e dramas sucedem ao longo do filme.

9 – The DNA Jorney

Momondo – LetsOpenOurWorld, 2016

Pedimos 67 pessoas de todo o mundo para fazer um teste de DNA. Acontece que eles têm muito mais em comum com outras nacionalidades do que pensavam …  É fácil pensar que existem mais coisas que nos separam do que nos unir. Mas nós realmente temos muito mais em comum com outras nacionalidades do que você pensa.

10 – Human Vol. 1

Yann Arthus – Bertrand, 2015

HUMAN é uma coleção de histórias e imagens do nosso mundo, oferecendo uma imersão ao núcleo do que significa ser humano. Através destas histórias cheias de amor e felicidade, bem como o ódio e a violência, HUMAN nos traz cara a cara com o Outro, fazendo-nos refletir sobre nossas vidas. De histórias de experiências cotidianas para relatos das vidas mais inacreditáveis, esses encontros dolorosos compartilham uma sinceridade rara e sublinham quem somos – nosso lado mais sombrio, mas também o que é mais nobre em nós e o que é universal. Nossa Terra é mostrada no seu mais sublime através de imagens aéreas nunca antes vistas, acompanhadas de música crescente, resultando em uma oda para a beleza do mundo, proporcionando um momento para atrair respiração e para introspecção. 

Gostou desta lista que preparamos para você?

Não deixe de comentar o que você achou, sugerir outros títulos que poderiam estar nesta lista ou outros temas!

Até a próxima!

Deixe um comentário